quarta-feira, março 21, 2012

Mac OS X Lion

Já estou a mais de uma semana com o bichano, o Lion, rodando no meu Mac Mini. A primeira impressão que eu tive ao começar a usar foi estranha. Fazia tempo que eu não ficava perdido usando um computador. Mas conforme os dias foram passando esse sentimento foi indo embora. Acho que uma semana depois eu já estou bem adaptado ao sistema.



As teclas funcionam de forma diferente, principalmente para quem programa. Como estou passando boa parte do meu tempo no XCode essa foi uma das mudanças que mais me atrapalharam no inicio. Por exemplo: no PC a tecla Home vai para o inicio da linha e a tecla End para o final. Pode parecer irrelevante, mas para quem programa isso é fundamental para ganhar tempo. No Mac OS essas teclas fazem outras coisas. Basicamente te mandam para o inicio ou fim do arquivo fonte. Até encontrar a combinação de teclas similar no Mac foram alguns dias irritado com o teclado.

Realmente o sistema "simplesmente funciona", como quando no navegador Safari eu entrei no GMail e o Mac perguntou se eu queira configurar o Mail, iCal e Contatos com a conta que tinha acabado de usar. Cliquei em sim e tudo foi configurado sem mais nenhuma interação.

Fiquei um pouco surpreso com a similaridade de alguns projetos abertos, como o Gnome, com o Mac OS. Algumas coisas são realmente muito parecidas. No Linux o Gnome (até recentemente) era meu ambiente gráfico favorito. Mas diferente do Linux eu só abri o terminal porque sei o que ele é e fiquei curioso. Eu não precisei, em nenhum momento, recorrer a ele para fazer qualquer coisa.

XCode




O XCode é um ambiente de desenvolvimento excelente. Muito bom mesmo. A altura dos pesos pesados do mercado como Eclipse e Visual Studio. Em alguns aspectos até melhor. Ele foca bastante nos detalhes que parecem irrelevantes mas ajudam pacas na hora de programar, como o "efeito amarelo" que surge no simbolo original toda vez que você fecha colchetes ou parêntesis ou a função de destacar visualmente um trecho de código entre "{...}" deixando o resto do código acinzentado.

A linguagem Objective C é... estranha. Mas nada que alguém que entenda Java ou C++ não se vire. Felizmente você se acostuma com o seu jeito de ser rapidamente (o curso da Stanford ajuda nisso, o professor é muito bom). A notação depois da rejeição inicial até que faz sentido. Um exemplo simples concatenando strings:

Java
String nome = "Junior";
nome = nome.concat(" Laux");    
System.out.println(nome);
// output: "Junior Laux"


Objective-C
NSString *nome = @"Junior";
nome = [nome stringByAppendingString:@" Laux"];
NSLog (@"%@", nome);
// output: "Junior Laux";

Enfim, estou curtindo o Mac Mini. Achei um ótima compra. No futuro vou postar mais sobre o Mac OS X Lion e o XCode. Fiquem ligados.

Links:

Um comentário:

gua hu disse...

principally due to the fact they are discreetly kvw100
tucked away inside the aquarium cabinet so that they are not on display! They don't for that reason take up beneficial area in your tank. They have an vag-cominclination to become larger than inner filters, which suggests much more energy, higher